CUIDADOS E DICAS PARA ACNE

CUIDADOS E DICAS PARA ACNE

Muito se fala sobre a doença de pele. Mas, afinal, você sabe o que é acne?
Segundo o Ministério da Saúde, acne é uma doença de pele que acontece quando as nossas glândulas sebáceas tornam-se inflamadas ou infectadas, provocando cravos, espinhas, cistos, caroços e cicatrizes.
Explicando um pouquinho mais, as glândulas sebáceas estão localizadas na nossa derme, uma camada mais profunda da pele e produzem uma secreção, denominada sebo.
É essa substância que garante a lubrificação da pele, evita o ressecamento de pelos e impede a perda de água de maneira excessiva. Portanto, são glândulas secretoras de óleo.

Como se dá o desenvolvimento de cravos e espinhas?
Como vimos, a acne é causada por infecção ou inflamação das glândulas sebáceas na base dos pelos.
Os poros da nossa pele ficam cheios deste material, formando os cravos. Estes podem romper-se, liberando o material de seu interior na pele, gerando as espinhas.

Por que aparecem com mais frequência no rosto, peito e costas?
Porque é onde o número de glândulas sebáceas é maior. Inclusive, a acne pode ter graus variados, com maior ou menor inflamação. Ela sempre é mais grave quando apresenta cistos, caroços e muitas lesões, além de manifestar-se em pessoas com tendência hereditária.
Vale lembrar que, em alguns casos graves, as espinhas são dolorosas e podem até formar cistos, que são elevações cheias de líquido que se desenvolvem sob a pele.

Qual é o passo a passo para identificar se você sofre de acne?
Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a acne dá sinais, apresenta sintomas.
Por isso, o City Blog de hoje foi pensado exatamente nas suas necessidades, viu?
O tratamento de pele é muito importante, e além de refletir diretamente na sua saúde, está ligado à beleza, autoestima, estética e outros fatores.


Agora, vamos aos sintomas:


● Cravos brancos (glândulas sebáceas obstruídas, com orifício fechado);
● Cravos pretos (glândulas sebáceas obstruídas, com orifício aberto. O óleo secretado fica escuro quando exposto ao ar e impurezas);
● Espinhas ou pústulas (glândulas sebáceas vermelhas, até cheias de pus).

Cuidados e dicas para tratar a acne:

  1. Siga o tratamento facial prescrito pelo seu médico dermatologista.
    Ele avaliará o grau da sua acne e prescreverá os medicamentos mais indicados, que poderão ser de uso local ou também medicamentos via oral, dependendo da intensidade do quadro. Registre todo o seu tratamento;
  2. Em tempos de pandemia, permaneça firme com as medidas de saúde e segurança. Proteja-se! Lave as mãos com frequência, e evite tocar o seu rosto desnecessariamente;
  3. Evite o sol e desconfortos que o atrito da pele do rosto pode gerar. Também não esfregue, nem esprema as espinhas para que não surjam cicatrizes.

Audiovisual Comunicação Integrada