Qual é o peso ideal do bebê?

Qual é o peso ideal do bebê?

Cada bebê carrega no seu DNA as características pertencentes aos pais, sendo que uns são maiores e outros menores, uns mais pesados e outros mais leves. Mas, você já parou para pensar qual é o peso ideal do bebê considerando a média?

Antes de chegar à resposta para essa pergunta, você tem que saber que é perfeitamente normal existir uma enorme variação de tamanhos e pesos em recém-nascidos.

Dessa forma, durante os primeiros meses, a menos que algo anormal ocorra com bebê, é muito difícil haver problemas com o peso ou com o tamanho.

Além disso, nas primeiras consultas com o pediatra, ele deve fazer a medição da altura e dos peso do seu bebê, sendo que se houver algo fora do comum, ele vai lhe avisar.

Se não avisar é porque está descartada qualquer situação fora da normalidade.

Então, no começo da vida, o peso ideal do bebê não segue um padrão muito rígido, sendo que há uma tabela que pode ser acompanhada pelos pais e vamos mostrar abaixo.

Mas, de fato, as mães devem garantir aos seus pequenos filhos que tenham todas as condições de crescerem saudavelmente.

Então, para garantir um bom crescimento, o ideal é oferecer o leite materno exclusivamente até o 6º mês de vida do bebê.

Após isso é importante complementar a alimentação com papinhas doces e salgadas, sempre guiadas pelo pediatra.

A boa alimentação é sem dúvida alguma a chave para uma saúde de ferro – independente do peso.

Mas, como varia o peso do bebê depois do nascimento?

Todos os bebês perdem peso nos primeiros dias de vida.

Então, o efeito “desinchaço” é normal neles.

Inclusive, até o 5º dia de vida, o bebê pode perder algo equivalente a 10% do seu peso total.

Ou seja, isso significa que um bebê com cerca de 3 quilos e pouco pode perder cerca de 300 gramas.

A partir disso, até o 15º dia de vida, o bebê vai ter o peso aumentando e ele começa a aumentar 30 gramas por dia, o que deve permanecer durante os primeiros 3 meses.

A partir dos 3 meses de vida, os bebês começam a ganhar peso diário de forma menos acentuada, sendo que eles vão ganhar 450 gramas por mês.

E entre o 9º mês e o 1º ano de vida, ele ganha cerca de 300 gramas por mês.

Seguindo a ordem cronológica, a partir do 2º ano de vida, o aumento já não é tão acentuado como no início e ele só ganhará cerca de 200 gramas por mês.

E é por isso que é importante que o bebê seja pesado ao nascer.

Lembrando que por volta do 5º dia ele contará com peso mais baixo.

Assim, será com cerca de 1 mês de vida que será possível confirmar o bom aumento de peso e é esse valor de deve ser usado como referência para todas as pesagens que serão feita a partir daí.

Tabela de peso e altura para bebês de até 1 ano de vida

Existe uma tabela que é usada pelos pais para acompanhar o crescimento dos seus filhos.

Mas, como já adiantamos, ela é apenas uma referência e todas as variações citadas devem ser enviadas ao pediatra, sendo que em muitos casos é normal.

Os valores impostos na tabela variam conforme o peso, a altura, a idade e o sexo dos bebês.

Para meninos:

  • Recém-Nascido: 50 centímetros e 3,3 quilos
  • 1 mês: 55 centímetros e 4,2 quilos
  • 2 meses: 57 centímetros e 5 quilos
  • 3 meses: 61 centímetros e 5,7 quilos
  • 4 meses: 62 centímetros e 6,3 quilos
  • 5 meses: 63 centímetros e 6,9 quilos
  • 6 meses: 64 centímetros e 7,5 quilos
  • 7 meses: 66 centímetros e 8 quilos
  • 8 meses: 68 centímetros e 8,4 quilos
  • 9 meses: 69 centímetros e 8,9 quilos
  • 10 meses: 71 centímetros e 9,3 quilos
  • 11 meses: 73 centímetros e 9,6 quilos
  • 12 meses: 75 centímetros e 10 quilos

Para meninas:

  • Recém-Nascido: 48 centímetros e 3,2 quilos
  • 1 mês: 52 centímetros e 4 quilos
  • 2 meses: 56 centímetros e 4,7 quilos
  • 3 meses: 59 centímetros e 5,5 quilos
  • 4 meses: 61 centímetros e 6,1 quilos
  • 5 meses: 62 centímetros e 6,7 quilos
  • 6 meses: 63 centímetros e 7,3 quilos
  • 7 meses: 65 centímetros e 7,8 quilos
  • 8 meses: 67 centímetros e 8,2 quilos
  • 9 meses: 68 centímetros e 8,6 quilos
  • 10 meses: 70 centímetros e 9,1 quilos
  • 11 meses: 72 centímetros e 9,5 quilos
  • 12 meses: 73 centímetros e 9,8 quilos

Essa curva de crescimento foi feita pela OMS (Organização Mundial da Saúde), mas pode se alternar conforme a região do mundo, do país, da genética, entre outros fatores.

Logo, isso quer dizer que o seu bebê não precisa seguir exatamente os padrões da OMS.

Fórmula para calcular o tamanho do bebê

Fora da regra da OMS, alguns médicos usam outra fórmula: para calcular o tamanho do bebê, deve-se multiplicar o tamanho do fêmur por 7.

Então, por exemplo, se a medição do fêmur for de 2,3 centímetros, então, você pode multiplicar por 7 e vai ter 16,1 centímetros, que é o tamanho do seu bebê.

Na 1ª fase da vida, os bebês podem ser medidos da cabeça ao bumbum.

Curiosidade: e peso do feto?

Durante os períodos que as mamães fazem o ultrassom, pode ser constatado que o feto está abaixo do peso. Nesse caso, o obstetra pode indicar a introdução de alguns alimentos ricos em proteína que vão ajudar no aumento de peso.

Entre eles, os suplementos vitamínicos.

É somente o médico que vai saber verificar se o feto está abaixo do peso e isso é feito através das imagens quem são feitas durante os exames clínicos, conforme a idade gestacional.

O mais importante é ver que o peso do feto está ligado à alimentação a mãe, sendo que os médicos não recomendam “comer por 2”, mas sim dobrar a boa alimentação, incluindo vitaminas e ômega 3, ácido fólico, vitaminas, etc.

Os problemas de saúde da mãe também podem influenciar no peso do feto, por isso, não deixe de fazer exames junto ao seu médico.

Leave a Reply

Your email address will not be published.